Estágios


2014
- Estágio oferecido aos alunos em museus
a) Museu de Arqueologia e Etnologia da USP - MAE
 
A Seção de Educação para o Patrimônio da Divisão de Apoio à Pesquisa do MAE/USP oferece Estágio de 80 (oitenta) horas para alunos de Licenciatura de História, entre março e junho de 2014.

 

1.    Possibilitar o conhecimento da ação educativa no MAE/USP.

2.    Vivenciar algumas atividades educativas do MAE/USP.

3.    Estudar e discutir conceitos relacionados à Arqueologia, Etnologia, Cultura Material, Patrimônio Cultural, Museologia e Educação em Museus.

4.    Analisar e avaliar recursos pedagógicos utilizados em ações educativas no MAE/USP.

5.    Instrumentalizar os estagiários para que possam planejar visitas orientadas ao MAE ou a outros museus, para alunos de diferentes níveis de ensino.

 
 
b) Instituto de Estudos Brasileiros - IEB
 
IEB – Instituto de Estudos Brasileiro – Setor Educativo – Oficinas e atividades de análise de documentos - objetos e obras de arte do acervo do IEB - e atividades educativas em exposições – coordenação Profa. Elly Rozo Ferrari.
 
 
Arquivo Público do Estado de São Paulo - Os alunos interessados - inscrições na oficina "Os usos de documentos de Arquivo na sala de aula", no período de 25/03 a 29/05
 
 

2013
- Participação de alunos do curso de História da FFLCH/USP nas Oficinas Arquivo Público do Estado de São Paulo - "O(s) uso(s) de documentos de arquivo na sala de aula"
 
- Instituto Butantan e a formação do bairro
Objetivo: Desenvolver material didático a partir do acervo documental e museológico do Instituto Butantan, presentes em seus museus e arquivos.
 
- Projeto de diagnóstico e oficinas na E.E. Alberto Torres

Parceria escola pública e universidade - realização de estágio supervisionado .

1.      dois momentos de intervenção de estudantes universitários, no cotidiano escolar no 1º. Semestre de 2013, com salas de aula já pré-selecionadas pela escola, e com autorizações necessárias;

2.      As atividades desenvolvidas na escola - uma turma de estudantes universitários, 30 alunos;

3.     Antes do primeiro momento na escola, os estudantes do curso de História estudam e organizam, em aula na universidade, material para coleta de diagnóstico a respeito do que os alunos do Fundamental II  dominam referente a algum tema, conceito, procedimento ou atitude, considerando os anos escolares das turmas já pré-selecionadas pela escola;

4.      Primeiro Momento na escola –  estudantes da universidade visitam a escola, e entram em sala de aula (em grupos de 3 a 5, com autorização e acordo com a escola), em classes já pré-selecionadas, para apresentar aos alunos do Fundamental II exercícios para diagnóstico a respeito de algum tema, conceito, procedimento ou atitude - e recolhem esses exercícios para avaliação;

5.      Os estudantes avaliam na universidade as produções dos alunos do ensino Fundamental II, refletem, estudam e organizam oficinas a serem desenvolvidas na escola, nas mesmas salas de aula onde aplicaram os exercícios de diagnóstico;

6.      Segundo Momento na escola – estudantes da universidade voltam à escola uma segunda vez, para desenvolverem com os alunos da escola, do Fundamental II, nas mesmas salas de aula onde aplicaram os exercícios de diagnóstico, oficinas com temas históricos;

7.      Os estudantes da universidade, a partir dos estudos, planejamentos e intervenções, avaliam os resultados das oficinas e produzem relatórios para serem compartilhados com a escola.

 

Ensino de História

ESTÁGIOS LEMAD 2012 – 1° SEMESTRE

Estágios confirmados:

 

  1. CENTRO DE APOIO AO MIGRANTE (CAMI)

 

Criado em julho 2005, pelo Serviço Pastoral dos Migrantes (SPM), é um espaço de referência no Brasil na promoção e defesa dos direitos humanos dos imigrantes.

Oferece: Orientação jurídica especializada; Auxílio para regularização migratória; Promoção cultural e atividades de formação para a cidadania, inclusão social e digital.

Endereço: Rua Coronel Morais, 377

Canindé – São Paulo (referência: metrô Armênia – linha azul)

Horário de atendimento: segunda a quinta feira das 09h30 às 16h30

Contato: Marina Novaes

Telefone: (11) 2694-5428

Email: marinanovaes@hotmail.com e/ou secretaria@cami-spm.org

Site: http://www.cami-spm.org

 

Dia a dia do CAMI:

Dias da semana - Atendimento ao público

Fins de semana - Oferecimento de cursos e oficinas – português e informática.

 

Programa de Estágio:

Para dias de semana: duas (2) vagas de manhã / duas (2) a tarde – trabalho em duplas.

Para estágio de fim de semana: três (3) vagas

Total: 7 vagas

 

 

 

 

Ações sugeridas

  1. Atendimento ao público. Todos os dias diversas pessoas, migrantes e imigrantes, chegam ao CAMI em busca de auxílio jurídico, informações, entre outros. Além do trabalho de acolhimento, será que podemos pensar em algo? Talvez um trabalho de história oral por meio de entrevistas de histórias de vida? Qual será a maior demanda da instituição? Como podemos recebê-los e ao mesmo tempo trabalhar com história?

 

  1. Pesquisa e organização do banco de dados do CAMI (com a formulação de um documento, sequência didática, problematizando os dados apresentados).

 

  1. Curso de história para os imigrantes aos fins de semana.

 

  1. Estudos do meio pela cidade. Nesta proposta os estagiários deverão organizar estudos do meio com os grupos frequentadores da casa. Trabalho de história, cultura material, história oral, como o estagiário propor.

 

 

  1. CENTRO DE PRESERVAÇÃO CULTURAL DA UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO (CPC-USP) - CASA DA DONA YAYÁ

 

O Centro de Preservação Cultural (CPC), criado em outubro de 2002, é um órgão subordinado à Pró-Reitoria de Cultura e Extensão Universitária da Universidade de São Paulo, que substitui a Comissão de Patrimônio Cultural, dando continuidade às suas atividades, iniciadas em 1986.

 

O CPC constitui-se em fórum privilegiado e sistemático para a elaboração de reflexões e ações relacionadas à coleta, conservação, pesquisa, experimentação e comunicação de testemunhos do patrimônio cultural. Vários programas foram implantados, dotando o Centro de uma face pública, e consolidando-o como um polo diferencial da Universidade de São Paulo.

Contato: Cibele Monteiro

Email: cpc2@usp.br  / tel: 3106- 3562

Site: www.usp.br/cpc

Horário de Funcionamento 2ª à 6ª feira – 9h às 17h

 

Dia a dia do CPC:

Monitoria interna: visitação espontânea / Trabalho com escolas / Domingo musical

Bibliografia básica no Xerox – Márcia

 

Programa de estágio:

 

Para dias de semana: quatro (4) vagas de manhã / quatro (4) vagas à tarde

Para estágio de fim de semana: duas (2) vagas

Total: 10 vagas

 

Ações sugeridas

 

Foco: Restauro e preservação / Projetos de educação patrimonial

Ações voltadas à monitoria interna referente à visitação da Casa da Dona Yayá. Visitação espontânea.

Elaboração de sequências didáticas objetivando estabelecer relações entre patrimônio cultural, cultura material e história a partir da Casa tendo como foco estudantes de escolas do entorno.

 

  1. CASA DAS ÁFRICAS

Coordenação: Denise Dias Barros

Contato: Denise Dias Barros e André Briant

Email: casadasafricas@gmail.com  Tel: (011) 3801-1718

Site: http://www.casadasafricas.org.br/

End: Rua Harmonia, 1150 – Vila Madalena

Horário de atendimento: 2ª a 6ªf / Eventos esporádicos às 5ªf à noite e fins de semana.

 

Proposta de estágio

Dias de estágio: 3ª e 5ª feiras – período da tarde (14h às 18h)

Duas vagas (2x)

Duração do estágio: 8 semanas de estágio

Início: 08/05 - Finalização: 28/06

Carga horária: 64 horas presenciais + 36 horas (pesquisa, elaboração da sequência e relatório)

Total: 100h

Foco de pesquisa da instituição: África do Oeste + África de língua portuguesa

Proposta inicial: Formação e orientação sobre o tema; pesquisar, juntar e disponibilizar pesquisas correlatas à área; elaborar uma sequência didática referente à ensino de história da África (para diferentes públicos, conforme interesse do aluno) a partir do acervo da instituição.

É necessário ter conhecimento em francês ou inglês.

Aos interessados:

  • Inscrição – Semana do 16 à 20/04 – Enviar email para casadasafricas@gmail.com a/c de Denise e André com o nome, nº USP, contato, carta de interesse e currículo.
  • Seleção - 03/05
  • Início: 08/05
  • Até o dia 15/05: Elaboração do projeto de pesquisa
  • Final do estágio: 28/06

 

  1. INSTITUTO BUTANTAN

 

  1. Laboratório de História da Ciência, Museu de Saúde Pública Emílio Ribas e Núcleo de Documentação – Instituto Butantan

 

O Laboratório de História da Ciência, o Museu de Saúde Pública Emílio Ribas e o Núcleo de Documentação do Instituto Butantan abrem vaga para dois estagiários.

 

O objetivo é inseri-los em projeto de pesquisa que visa a contextualização e análise dos programas institucionais relativos ao período que compreende os anos de 1944 a 1975. Neste Programa os alunos devem cumprir uma carga horária de leituras, participação nas reuniões do grupo de trabalho e reconhecimento dos acervos iconográficos para, ao final de junho, apresentar uma linha do tempo do período com informações relativas à política interna / externa (atores que participaram destes processos), pesquisas institucionais e inserção da instituição no contexto da ciência nacional e internacional. Durante a construção da linha do tempo, que será apresentada em forma de folder, um dos estagiários ficará responsável pela seleção dos conteúdos que devem compor a linha, bem como com o desenho e a apresentação da mesma, enquanto o outro será o responsável pela seleção de imagens e criação de um catálogo da iconografia em papel do mesmo período.

 

Para isso ambos estagiários devem cumprir a carga horária estipulada pelo programa comparecendo, ao mesmo tempo, no Instituto Butantan um (1) dia por semana, preferencialmente nas segundas ou quartas-feiras.

 

Contato: Suzana Fernandes (Coordenadora do Núcleo de Documentação do Instituto Butantan) -  e-mail: suzana@butantan.gov.br

 

  1. Programa de estágio no Museu Histórico para alunos da Disciplina Ensino de História do Departamento de História da USP

LOCAL: Museu Histórico

RESPONSÁVEL PELO ESTÁGIO: Adriana Mortara Almeida

e-mail: museuhistorico@butantan.gov.br

PROPOSTA: Produção de material didático referente à exposição de longa duração do Museu Histórico

O Museu Histórico do Instituto Butantan é pouco conhecido dos professores, sejam eles de ciências, sejam e história ou outras disciplinas. Raramente os professores preparam os alunos para a visita ao Museu Histórico e têm dificuldades em relacionar o que o Museu oferece aos conteúdos tratados em sala de aula.

Os estagiários deverão conhecer o Museu, a rotina de visitas escolares e pesquisar conteúdos a partir da exposição do Museu Histórico que possam ser tratados pelo professor de História em sala de aula, na preparação para a visita e nas atividades pós-visita.

PÚBLICO ALVO: Professores de história de Fundamental II e Ensino Médio.

PRODUTO FINAL: Sequência didática ou outro material para professores

HORÁRIOS: a combinar, exceto segundas-feiras quando o Museu está fechado.

NÚMERO DE VAGAS: Duas(2)

 

  1. Programa de estágio no Museu de Microbiologia para alunos da Disciplina Ensino de História do Departamento de História da USP

LOCAL: Museu de Microbiologia

RESPONSÁVEL PELO ESTÁGIO: Adriano Dias de Oliveira (Técnico em Educação em Museus)

e-mail: adiasoliveira@butantan.gov.br

 

PROPOSTA: Produção de um material didático referente à exposição presente na “Praça dos Cientistas”

A referida exposição é composta por onze bustos de cientistas que contribuíram significativamente para a Microbiologia e Imunologia. Para cada busto há um pequeno texto que apresenta a história e o trabalho desenvolvido pelo pesquisador. O aluno deverá desenvolver um tipo de material didático, o seu conteúdo e a linguagem utilizada que facilite a leitura dessas biografias de forma lúdica e prazerosa.

PÚBLICO ALVO: infantil e juvenil.

PRODUTO FINAL: material finalizado (almanaque, história em quadrinhos ou algo parecido) ou pelo menos um croqui/esboço do mesmo.

HORÁRIOS: a combinar

NÚMERO DE VAGAS: 2

 

  1. ARARIBÁ – TURISMO E CULTURA

Turismo educativo (Estudos do meio / Exposições)

Contato: Ed (coord.) Tel: 3159-1705 e/ou 3120-5937

Site: www.arariba.com

Proposta: Formação / Elaboração de novos “olhares” sobre pontos turísticos de São Paulo / Acompanhamento de estudos de meio

Vagas: a combinar

 

 

  1. MAE – MUSEU DE ARQUEOLOGIA E ETNOLOGIA – USP – estudos, cursos, vivências e produção de material didático

Contato: Profa. Judith

Vagas: 4 vagas.

Ler textos que estão na pasta de xerox – levar os textos fichados

Ver treinamentos – MAE – com Cida – telefone – 3091-4905

 

 

  1. IEB – INSTITUTO DE ESTUDOS BRASILEIROS / USP

Contato: Profª Elly – e-mail – educaieb@usp.br

Vagas: 20 vagas

Enviar por e-mail nome, no. USP, melhores dias e horário, e-mail

 

8. REDE EMANCIPA – Movimento Social de Cursinhos Populares

Vagas: abertas

Contato: Cibele

email: emaildacibele@gmail.com

cel: 6997-3839

 

 

ESTÁGIOS AGUARDANDO CONFIRMAÇÃO

 

  1. BIBLIOTECA ANARQUISTA

Endereço: Rua Engº Francisco Azevedo, 841
sala 4 - Perdizes - São Paulo - 05030-010

Horário de atendimento:

Contato: Vitor Ahagon

Telefone:

Email: vitor.ahagon@hotmail.com e/ou bibliotecaterralivre@gmail.com

Blog: http://bibliotecaterralivre.noblogs.org/

 

  1. PÉ NA ESTRADA – PROJETOS EM EDUCAÇÃO

Turismo educativo (Estudos do meio / Projetos pedagógicos)

Contato: Patrícia (coord.) Tel: 3826-6477

Site: www.penaestradaonline.com.br

Proposta: Formação / Elaboração de novos “olhares” sobre pontos turísticos de São Paulo / Acompanhamento de estudos de meio / Criação de espaços de aprendizagem e equipamentos lúdico-educacionais; programas educativos regulares não formais; roteiros culturais; eventos de lazer/educativo; e formação vivencial.