SEQUÊNCIA DIDÁTICA – ALDEIA GUARANI

LEMAD - Laboratório de Ensino e Material Didático – História - FFLCH - USP

Oficina livre: “Elaborando materiais didáticos com a temática indígena”

Proposta de sequencia didática elaborada por

Maria Dolores Wirts Braga

a partir das atividades da oficina - 28/05/2012

SEQUÊNCIA DIDÁTICA –  ALDEIA GUARANI

Bibliografia de referência:

LADEIRA, Maria Inês. Espaço geográfico Guarani-Mbya –
significado, constituição e uso. São Paulo: Eduem; Edusp, 2008.

Atividades propostas para o mapa Figura 6: Desenho-mapa da aldeia Guarani (tekoa)
e seus caminhos. Vale do Ribeira, 1999. Capítulo 6: Estar no mundo.

 

 

 

Imagem

 

 

 

I. Texto introdutório para as atividades com todas as séries: Texto 3: A terra para morar (vertido).

 

·   Objetivo: Aproximar os alunos à concepção de terra segundo os indígenas.

·   Sugestão de procedimento:

- Distribuir o texto vertido e o mapa para os alunos (como o texto é curto, ambos podem estar na mesma folha).

- Ler o texto ou pedir que algum(ns) aluno(s) leiam.

-  Fazer  uma  ou  duas  perguntas  de  compreensão.  Exemplo:  Why  is  the  river important for the indians?

- Remeter ao mapa: Where´s the river on this map? // Can you find the river on this map?

 

Atividades propostas para o mapa Figura 6: Desenho-mapa da aldeia (tekoa) e seus caminhos. Vale do Ribeira, 1999. Capítulo 6: Estar no mundo.

I. Texto introdutório para as atividades com todas as séries, composto por dois excertos: A terra para morar (vertido).

 

The land to live in

1. The choice of a place (tekoa) to live ‘according to their mores’ (nandereko) seems to be, today, the main motivation for the Mbyá ‘wanderings’ (oguatá). Their religious leaders (nanderu) decide upon a place by ‘listening to beautiful words’, by divine determination: ‘Well, we’ll see. We’ll stay there again. If it’s not possible, we’ll seek further. When God tells me so, we’ll look for another place…’

Settling a tekoa Mbyá demands a few conditions: ‘…it must be jungle, possible to be cultivated, far from the white men, away from conflicts… the tekoa…is not only land; linked (to it) are the house (oy) and the living with family and relatives; it’s where they bury the dead and where they pray; the place must root the possibility to exercise the divine right to grow their crops…’

__Ladeira, Maria Inês; Azanha, Gilberto. Os índios na Serra do Mar: A presença Mbya-Guarani em São Paulo. São Paulo: CTI-Nova Stella, 1988. p.23.

 

2. […] We, Indians, understand the river belongs to the village, and it is this river (Aguapeú River) which separates our Land from the city and which is the village guardian protecting the community. In our culture, according to our mores, it’s the river which does not allow the evil in, not even illnesses or people who want to harm us. So, for us, the river is sacred. That which money can’t buy must not be spoiled, touched or sold. Only Nhanderu (our Heavenly Father) knows what to do with the river.

__(trechos do discurso da aldeia sobre o projeto de esgoto para uma região de Mongaguá – carta enviada pela comunidade Guarani de Aguapeú ao governador do Estado de São Paulo, em 1998) Ladeira, Maria Inês. O espaço geográfico Guarani-Mbyá: significado, constituição e uso. Maringá, PR: Eduem; São Paulo: Edusp. 2008.

 

6º ano do Fundamental

·   Hide and seek [esconde-esconde]

·   Objetivos sócio-culturais: familiarizar os alunos sobre a disposição dos elementos numa típica aldeia indígena.

·   Objetivos  linguísticos:  praticar  diálogos em perguntas  Yes or No;  praticar  e/ou revisar as preposições de lugar: near, in, at, under, etc.

·   Sugestão de procedimento:

-      Professor (T) distribui cópias do mapa, com os termos em inglês, para grupos de três ou quatro alunos (Sts).

-     Professor faz o reconhecimento do mapa com os alunos, perguntando:

T: What can you see?

Sts: Banana crops; Corn crops; a river; houses; a House of Prayers, etc.

-      Professor esclarece dúvidas sobre o vocabulário etc. se necessário.

-      Professor exemplifica o jogo: escolhe um lugar no mapa para se esconder e os alunos devem adivinhar, perguntando e respondendo:

T: Where am I?

Sts: Are you near the banana crop? T: No, I´m not.

Sts: Are you in the House of Prayers? T: No, I´m not.

Sts: Are you at Alzira´s home? T: No, I´m not.

Sts: Are you under a tree?

T: Yes! I´m taking a nap!

 

 

7º ano do Fundamental

·   Guess what? [Adivinhe!]

·   Objetivos sócio-culturais: familiarizar os alunos sobre a disposição dos elementos numa típica aldeia indígena.

·   Objetivos linguísticos: reconhecer e fornecer instruções sobre direções; localizar lugares e objetos.

·   Sugestão de procedimento:

-      Professor (T) distribui cópias do mapa, com os termos em inglês, para grupos de três ou quatro alunos (Sts).



 

-     Professor faz o reconhecimento do mapa com os alunos e estabelecem juntos o lugar que será sempre o ponto de partida.

-     Professor exemplifica o jogo: escolhe um lugar no mapa e fornece as instruções

para chegar até lá. Os alunos devem identificar o lugar de chegada, dizendo o nome em voz alta.

-      Exemplo (com ponto de partida na via principal de entrada na aldeia):

T: Go down the path. Turn right at the roundabout. It´s on your left. [Vá pela trilha. Vire a direita no trevo. Fica à sua esquerda.]

Sts: (It´s) the banana crop!

- Os alunos continuam com o jogo em grupos.

 

 

8º ano do Fundamental

·   m lost!

·   Objetivos sócio-culturais: familiarizar os alunos sobre a disposição dos elementos numa típica aldeia indígena.

·   Objetivos linguísticos: praticar instruções sobre direções.

·   Sugestão de procedimento:

-      Professor (T) distribui cópias do mapa, com os termos em inglês, para grupos de quatro alunos (Sts) e faz o reconhecimento do mapa com os alunos e estabelecem, juntos, o lugar que será sempre o ponto de partida.

-      Professor exemplifica o jogo: escolhe um lugar no mapa para onde deseja ir e pergunta aos alunos:

T: Excuse me. How can I get to Alzira´s (house), please?

Sts: Go down this path. Go past the roundabout. Turn left at the House of

Prayers.         Cross over the river. Alzira´s (house) is opposite Vitalino´s (house).

T: Thank you very much!

-      Os alunos praticam em pares em seus grupos.

 

 

9º ano do Fundamental

·   Map puzzle [mapa quebra-cabeça]

·   Objetivos sócio-culturais: familiarizar os alunos sobre a disposição dos elementos numa típica aldeia indígena; trabalhar em grupos.

·   Objetivos linguísticos: praticar instruções sobre direções e localizações.

·   Sugestão de procedimento:

-  Professor (T) distribui cópias do mapa, com apenas alguns lugares (para referência) nomeados em inglês, e faz o reconhecimento do mapa.

- Abaixo do mapa, o professor inclui informações sobre a localização dos elementos do mapa.

- Em grupos de três ou quatro, os alunos devem ler e discutir as informações, concluindo sobre a exata localização dos elementos.

- Exemplos de informações sobre a localização de alguns elementos:

1. The House of Prayers is past the roundabout (nomeado no mapa).

2. Luis´ house is behind the House of Prayers.

3. Arlindo´s house is beside Alzira´s house.

4. Vitalino´s house is opposite Alzira´s.  (etc.)

AnexoTamanho
seq_didatica mapa aldeia Guarani[1].pdf301.4 KB