História dos Estados Unidos em guerra, através dos quadrinhos.

Universidade de São Paulo
Faculdade de Educação
Disciplina: Ensino de História – Teoria  e Prática
Professora Antonia Terra Calazans
Aluno Lucas Mello Neiva – n USP 4335686

 

Sequência 2

          Tema: História dos Estados Unidos em guerra, através dos quadrinhos.

          Objetivo: Permitir que os alunos conheçam a história da participação dos Estados Unidos em guerras no século XX, a partir da análise de imagens provenientes ou relacionadas a quadrinhos. Assim como trabalhar o conhecimento a respeito da natureza da ciência histórica e da prática da mesma, uma vez que o aprendizado do conteúdo histórico se fará através da análise de documentos.

          Duração: A seqüência deve durar em torno de duas aulas. Uma para a seqüência em si e outra para a apresentação de seminários.

          Perguntar aos alunos se sabem o que é um documento histórico, discutindo com eles sobre a relação entre documento histórico e História como ciência e disciplina, assim como sobre o que faz um historiador. Apresentando-o como um rastro do passado através do qual o historiador pode conhecer o mesmo.

 
          Para facilitar a compreensão dos alunos, apresentar o seguinte trecho e pedir que leiam e tentem reescrever com suas próprias palavras, de modo mais simples:
 

          Segundo Febvre (LeGOFF, 2008), a história se faz “com tudo o que, pertencendo ao homem, depende do homem, serve o homem, exprime o homem, demonstra a presença, a atividade, os gostos e as maneiras de ser do homem.

          "Toda uma parte, e sem dúvida a mais apaixonante do nosso trabalho de historiadores, não consistirá num esforço para fazer falar as coisas mudas, para fazê-las dizer o que elas por si próprias não dizem sobre os homens, sobre as sociedades que as produziram”

Imagem

 

Pergunta-se:

-Do que se trata a imagem?

-Levando em consideração o título do quadrinho, as vestes, os símbolos que carregam e a legenda posta ao lado do personagem à direita, quem são os personagens no centro da figura? Hitler e capitão América?

-Os personagens em volta são nazistas? Porque o capitão América os está atacando?
-Notar no canto esquerdo um mapa dos EUA e papéis onde se lê “Sabotage plans for U.S.A” - que em português significa “planos de sabotagem para/contra os E.U.A”, assim como uma televisão ao fundo na qual se enxerga um soldado explodindo uma fábrica de munições americana. Estes elementos estão presentes para legitimar o ataque como defesa? (da mesma forma como o Pearl Harbor foi usado para legitimar a participação dos E.U.A na guerra?)

-Há um personagem fora da cena, no canto inferior direito usando luvas e uma máscara- o Bucky, o “jovem aliado do capitão América”. Porque os autores da imagem o colocaram ali? Trata-se de um artifício para que os leitores - geralmente jovens, se identifique com personagem principal?
-Porque o capitão América veste as cores da bandeira americana? Ele representa a nação americana?
-Trata-se de um modo de construir/fortalecer uma identidade americana?

-Porque os autores decidiram fazer um quadrinho em que um super-herói representante dos E.U.A como nação ataca a Alemanha nazista? Eles queriam incentivar a guerra contra os nazistas? Fortalecer a identidade americana em oposição à nazista?

Pode-se perguntar aos alunos, depois de considerar essas questões, do que se trata a imagem, de quando é e que título dariam a ela.

Em seguida, passa-se para a próxima imagem:
 

Imagem

 

Pede-se que observe:

-A imagem data de 1941, ano em que os E.U.A entraram na Segunda Guerra Mundial.
-Quem são os personagens em destaque? Capitão América e Bucky?
-Ao lado esquerdo deles há a imagem de uma fila de homens entrando em uma tenda. Na entrada da mesma lê-se “recruting station”, ou “estação de recrutamento” em português.
-Abaixo há uma imagem das mãos de um homem prestes a explodir uma fábrica, na qual está escrito “american munitions” algo como “munições americanas”.
Pergunta-se:
-Qual a relação entre as três partes da imagem? Trata-se do capitão América, representante da nação americana, convocando os americanos para a guerra - uma vez que estão prestes a ser atacados?
-Qual a relação entre esta imagem e a primeira?

Passa-se para a próxima imagem:

 Imagem

Pergunta-se:

-Nesta outra capa de quadrinho do capitão América, enxerga-se o personagem de costas encarando um grupo de personagens. Diretamente à frente do capitão América há outro personagem - quais as semelhanças e diferenças entre ambos? (notar que ambos tem uma estrela no centro do tronco, usam escudos redondos no braço esquerdo, e luvas similares, embora de cores diferentes. Além disso, o capitão América veste as cores da bandeira americana e seu inimigo oposto veste vermelho).
-O personagem em posição oposta ao do capitão América  está dizendo “give it up avenger - you cannot defeat the SUPREME SOVIETS!”, referindo ao grupo no qual se insere como Supremos Soviéticos. Ao que este nome faz referencia? (se os alunos não souberem fazer esta relação, o professor pode explicar sucintamente a ligação entre a palavra soviético e a URSS, assim como a Guerra Fria).
-O fato do inimigo em destaque ser o oposto do capitão América significa que a identidade americana construída em oposição à identidade soviética?
-Importante notar com os alunos que neste quadrinho, assim como nos quadrinhos anteriores, os inimigos atacam (ou planejam atacar) primeiramente, justificando o uso da força por parte do super-herói.

Em seguida, apresentar a próxima imagem:

Imagem 
 

 

Pergunta-se:
 

Quem é o personagem apresentado? capitão América? O que ele está fazendo? O que está escrito atrás dele? (Combata o Terror) Ele combate simbolicamente o terror ao atacar a palavra “Terror” com o escudo, rachando-a? Que “Terror” é esse? Ao que faz referencia?

Para ajudar os alunos a compreenderem melhor a última imagem, exibi-se a próxima:
 Imagem

Em cima lê-se (tradução): Os melhores escritores de quadrinhos do mundo contam histórias para lembrar o 9/11 - o 11 de setembro de 2001.

Pergunta-se:

-O que aconteceu em 11 de setembro de 2001? Quem são as pessoas a quem o super-homem observa admirado?
-Qual a relação entre estas pessoas, o 11 de setembro e o super-homem? Segundo a imagem, serão eles, também, super-heróis?
-Qual a relação entre esta imagem e a última?

          Depois de apresentar a seqüência de imagens e analisá-la com os alunos, o professor pode perguntar o que as imagens tem em comum (são todas referentes a quadrinhos ou personagens de quadrinhos americanos e têm temática referente à guerra em que os E.U.A estiveram envolvidos) e o que tem de diferente (os inimigos são diferentes, datam de diferentes épocas, etc.).

          Neste momento, é importante enfatizar que para que o historiador possa construir sua representação do passado de forma científica, deve ter olhar crítico ante os documentos, não adotando os discursos nele presentes como verdadeiros.
          Se em um quadrinho americano da Guerra Fria os soviéticos são vistos como inimigos, em outros não:

 

Imagem

-Notar com os alunos que neste quadrinho contemporâneo à Segunda Guerra Mundial, o super-herói carrega tanto a bandeira dos E.U.A quanto a bandeira da U.R.S.S, uma vez que eram aliados na época.

 

Imagem

-Neste quadrinho soviético, é um símbolo nacional deles e não americano que ataca e derrota Hitler.

          Essa segunda seqüência de imagens permite perceber de forma mais clara que cada documento tem um discurso próprio.

          Voltando à análise da primeira seqüência de imagens, pode-se perguntar também, pensando na discussão sobre documentos históricos realizada no inicio da aula, o que se pode apreender de histórico ao analisar estas imagens? Como documentos históricos, que tipo de conhecimento as imagens podem fornecer?
Aqui o professor pode discutir com os alunos que é possível, através destas imagens em conjunto, observar que ao longo do século XX os Estados Unidos estiveram em guerra com diferentes nações e que estes acontecimentos se refletiam em seus quadrinhos, podendo estes servir de propaganda a favor do país, legitimizando as guerras ante a população jovem e fornecendo elementos que fortaleciam a identidade nacional americana em oposição à dos povos com quem estavam em guerra.

 

          Avaliação

 
          Pode-se separar a classe em grupos e requisitar que preparem um seminário estudando imagens de quadrinhos americanos e as guerras em si, relacionando-os. Um grupo pode ficar responsabilizado pela Segunda Guerra, outro pela Guerra Fria, outro pelas guerras contra o Terrorismo e um outro pela análise das transformações nos quadrinhos (inimigos, estética, roteiros, etc.) no decorrer das guerras. Se a classe quiser, um grupo pode ficar responsável por pesquisar produção de quadrinhos underground cujo discurso não necessariamente apoiava a participação nas guerras.

 

Referencias Bibliográficas:

LeGOFF, Jacques. História e Memória. Campinas. Ed. Unicamp. 2008.

 

Sites das imagens (em ordem):

Capitão América: http://www.coverbrowser.com/covers/captain-america
http://www.comicwallpapers.co.uk/publisher/marvel_comics/comic/captain_a...
 

Super-Homem: http://www.supermanofsteel.com/2007/09/11/superman-and-911-imagery-where...
 

Power: http://hitlergettingpunched.blogspot.com/2009_12_01_archive.html
 

Quadrinho Soviético: http://www.spoki.lv/vesture/Komiksi-Padomju-savieniba/305884
 

AnexoTamanho
História dos Estados Unidos em guerra, através dos quadrinhos.doc1.73 MB