filme

filme

Cinema e História: O uso de filmes nas aulas de História

UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO
FACULDADE DE FILOSOFIA, LETRAS E CIÊNCIAS HUMANAS
DEPARTAMENTO DE HISTÓRIA
Seqüência Didática de Ensino de História
Experiência do Estágio:
“Cinema e História: O uso de filmes nas aulas de
História”

Nome: Laís Alves Sanchez
Nº USP: 5974076
Professora: Antonia Terra Calazans
Ensino de História: Teoria e Prática

Seqüência Didática desenvolvida para a Disciplina de Ensino de História: Teoria e Prática, orientada pela professora Antonia Terra Calazans.

Tema:
• Absolutismo Monárquico
• Formação da América Inglesa
• Constituição e Independência das Treze Colônias da América do Norte.
Público Alvo: Alunos do 2º ano do Ensino Médio.
 

Objetivos:
Trazer para a sala de aula a discussão sobre o uso de meios cinematográficos e como trabalhar os conteúdos de História a partir dos mesmos. Opto pelos filmes que circulam nos cinemas e canais de televisão na atualidade, pois de maneira geral os alunos “consomem” este tipo de mídia e acredito que o trabalho feito em sala de aula os auxilia a ter uma visão crítica sobre os meios de comunicação de massa e a aproveitarem da melhor maneira as informações que lhes são dadas. Trabalharei juntamente com os filmes, com documentação de época, e sempre que possível, músicas, recortes de jornal, informações veiculadas pela Internet.

Conteúdo:
Acompanhar o conteúdo programado para esta série na disciplina regular de História, com foco em: Absolutismo Monárquico e Colonização da América do Norte.
Os filmes programados são: Elizabeth – a Era de Ouro, Pocahontas, As Bruxas de Salém, O Ultimo dos Moicanos e O Patriota.

Duração das Atividades:
As atividades demandam de 1 a 3 aulas cada, tendo como base aulas de 50 minutos, dependendo do andamento da turma e da coordenação do professor.

Filme: Deus e o diabo na terra do sol

Aluno (a): Laerte Matias Fernandes, Thiago Alves de Oliveira, Conrado Barbosa Silva, Denis Anderson Costa, Ícaro dos Santos Mello, Fabio de Souza Jorge, Angélica Brito Silva e Thassia Ferreira Ramos
Docente responsável: Maurício Cardoso


deus_e_o_diabo_na_terra_do_sol_filme

 

 

Ficha Técnica

Gênero: drama

Tempo de duração: 110 min.

Ano de lançamento (Brasil): 1964

Direção: Glauber Rocha

O filme de Glauber Rocha trás com grande complexidade assuntos como a miséria e o fanatismo religioso, ambos assunto que permeiam a sociedade nordestina.

Filme: Jeca Tatu

Aluno (a): Laerte Matias Fernandes, Thiago Alves de Oliveira, Conrado Barbosa Silva, Denis Anderson Costa, Ícaro dos Santos Mello, Fabio de Souza Jorge, Angélica Brito Silva e Thassia Ferreira Ramos
Docente responsável: Maurício Cardoso

 

jeca_tatu_filme

 

 

Ficha Técnica

Gênero: comédia

Tempo de Duração: 95 min

Ano de Lançamento (Brasil): 1959

Direção: Milton Amaral

Mazzaropi em seu filme JECA TATU, de 1960, interpreta esse personagem que é ao mesmo tempo cômico e sofredor, transparecendo as dificuldades do campo e concretizando a imagem do caipira assim como a criada por Monteiro Lobato.

Filme: Linha de Passe

Aluno (a): André Payar, Douglas Luz, Jennifer Orofino, José Orenstein de Almeida, Marina Albuquerque, Marcus Vinicius Biaggi e Talita Ferreira
Docente responsável: Maurício Cardoso

 

linha_de_passe_filme

 

 

Ficha Técnica

Gênero: Drama

Tempo de Duração: 108 min

Ano de Lançamento (Brasil): 2008

Direção:  Walter Salles e Daniela Thomas

 

Para alguns, trata do retrato, muitas vezes malthusiano, de uma família pobre da periferia de São Paulo. Será por culpa ou por difusão de idéias? Para outros, o cineasta Walter Salles apenas dramatiza a história de qualquer mãe solteira desta metrópole que é São Paulo, com seus quatro filhos e grávida de mais outro, busca sobreviver com tais condições.

Cada filho toma um rumo na vida: Reginaldo, o caçula, tem o hábito de vagar de ônibus em ônibus, talvez a procura do pai. Dario sonha em ser jogador de futebol. Dinho busca conforto na religião para poder enfrentar o dia-a-dia duro da periferia com o emprego de frentista de posto de gasolina. O filho mais velho, Denis já com um filho, luta para manter-se trabalhando como motoboy.

Divulgar conteúdo