EUA

Arte e Reivindicações Políticas nos Estados Unidos nas Décadas de 60 e 70

Universidade de São Paulo - 2017 - Ensino de História: Teoria e Prática
Victória Ribeiro da Silva Santos. nº USP: 9336644. Período Noturno
 
Sequência didática: arte e reivindicações políticas nos Estados Unidos nas décadas de 60 e 70.
 
 
Primeiro momento: Alteridade Faith Ringgold e seu retrato da branquitude americana
 
Dinâmica da atividade: discussão em pequenos grupos de no máximo dez alunos, com abertura dos resultados da discussão para o conjunto da sala, verificando-se então as semelhanças e diferenças das conclusões alcançadas. A ideia é que a turma parta da sensação de incômodo para o conceito de tensão racial.
 

Imagens do feminino: representações da mulher na propaganda durante e após a Segunda Guerra Mundial

UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO

FACULDADE DE FILOSOFIA, LETRAS E CIÊNCIAS HUMANAS DEPARTAMENTO DE HISTÓRIA

Imagens do feminino: representações da mulher na propaganda durante e após a Segunda Guerra Mundial

SÃO PAULO

2015

Nathalia Pereira da Silva

FLH0421 - Ensino de História: Teoria e Prática

Profª Drª. Antonia Terra de Calazans Fernandes

 

 

Sequência didática

 

Tema:  Imagens  do  feminino:  representações  da mulher  na propaganda  durante  e após a Segunda Guerra Mundial

Público alvo: Alunos do 8º ano do Ensino Fundamental ao 3º ano do Ensino Médio.

Duração: 1 a 2 aulas

 

Objetivos: Propomos utilizar questões sociais e econômicas que emergiram do contexto da Segunda Guerra Mundial nos Estados Unidos para discutir a construção de uma imagem feminina  ideal,  e  como  esta é tributária  de uma  construção  histórica.  A proposta  da aula envolve explorar algumas propagandas de meados do século XX que fazem referência direta ao  imaginário  norte-americano,  a  fim  de  oferecer  um  material  que  permita  aos  alunos perceber  e  questionar  as  concepções  construídas  acerca  do  papel  social  feminino  tanto naquele momento histórico, quanto no presente.

Nesse sentido, buscamos provocar a reflexão acerca da representação de grupos sociais em geral e do papel das imagens (tanto visuais, quanto verbais) que são difundidas sobre um determinado  grupo  podem  influenciar  na  construção  de  um  senso  comum  e  influenciar tomadas de decisões pessoais por aqueles que compartilham desse sistema de imagens.

A atividade  ainda  tem por intuito  desenvolver  habilidades de leitura de imagens, debate e leitura comparada de documentos.

 

Documentação: reproduções de propagandas políticas e publicitárias, e outras imagens. Sugerimos que a documentação seja projetada em tela. Caso não seja possível, o material pode ser impresso em A3 e trabalhado em frente à turma.

II Guerra Mundial: propaganda audiovisual sobre a guerra no Pacífico

UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO
FACULDADE DE FILOSOFIA, LETRAS E CIÊNCIAS HUMANAS
FLH0421 – ENSINO DE HISTÓRIA: TEORIA E PRÁTICA
PROFESSORA DOUTORA ANTONIA TERRA CALAZANS
GUILHERME MANZONI LEITE – N° USP: 8031715

II Guerra Mundial: propaganda audiovisual sobre a guerra no Pacífico
SÃO PAULO
2015

 

Tema:
Análise da guerra do pacífico e da propaganda ideológica norte-americana através de recursos audiovisuais, contrapostos a reportagens brasileiras de época sobre o mesmo assunto.

Público Alvo:
Alunos de Ensino Médio.

Duração:
4 atividades.

Objetivos:
Proporcionar aos alunos uma visão da guerra – com ênfase no episódio conhecido como Guerra do Pacífico – através de fontes de época, mostrando a construção da imagem do inimigo e a propaganda de guerra dirigida às massas. A leitura de fontes audiovisuais (incluindo duas destinadas ao público infanto-juvenil) e escritas permitirá que a classe conceba a situação do público diante da guerra, bem como criticar as mesmas num período posterior ao conflito, tendo noção dos vencedores e derrotado, assim como de suas motivações.
Num segundo momento, a atividade será direcionada a introduzir a participação brasileira no conflito, partindo da divulgação midiática dos enfrentamentos, culminando no momento da entrada do país na Guerra. A atividade deverá permitir aos alunos uma visão crítica da estrutura política global contraposta ao governo varguista e, também, à propaganda de massas dirigida ao público nacional.

Nacionalismo de Vargas e a política da boa vizinhança

Docente responsável: Antonia Terra
Aluno (a): Raphael Leon de Vasconcelos
 

 

Objetivos:

O objetivo dessa sequência é demonstrar de uma forma dinâmica, divertida e , ao mesmo tempo, crítica sobre o nacionalismo e sua função durante a ditadura Vargas. Um nacionalismo que não foi só demonstrado dentro do país, mas também para o exterior construindo uma imagem que perdura até os dias atuais.

Essa imagem para o exterior foi incentivado através de uma política que visava a aproximação norte-americana dos países latinos construindo, assim, uma aliança num momento de situação crítica com os adventos da segunda guerra e a crise dos regime democrático-liberais da América.

 

Divulgar conteúdo