imigrantes

A Greve de 1917, Contando a História de São Paulo

 
UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO
FACULDADE DE FILOSOFIA, LETRAS E CIÊNCIAS HUMANAS
ALEXIA SAYURI HINO – Nº USP: 9403750
SEQUÊNCIA DIDÁTICA: A GREVE DE 1917, CONTANDO A HISTÓRIA DE SÃO PAULO
Trabalho da disciplina de História da Cidade de São Paulo do curso de História da Universidade de São Paulo.
Professora Antônia Terra Calazans Fernandes.
São Paulo
Dezembro de 2016
 
 
 
 
 
Sequência didática – História da cidade de São Paulo
 
1. Tema: A greve de 1917 contando a história de São Paulo
 
2. Justificativa:
 
A sequência didática aqui proposta visa uma articulação do passado com o presente na qual a história da cidade de São Paulo seja contada através da manifestação popular escolhida, no caso, a greve de 1917.
 
O que a greve de 1917 nos conta sobre a cidade de São Paulo? A partir dessa questão, foi possível preparar um conjunto de quatro aulas estimulantes, contendo conteúdos que proporcionam exposição, dinâmicas, análise de documentos e imagens. As aulas montadas, seguem uma linha cronológica, visando a compreensão aprofundada dos alunos sob o contexto e os antecedentes da greve de 1917.
 
Com isso, passa-se então pelos: industrialismo, o bairro operário (bairro do Brás), a cidade com imigrantes e por final, a grande greve. O conjunto de aulas, caminha para uma reflexão final sobre as condições de trabalho nos dias de hoje.
 
 
 
3. Objetivos:
a) Estabelecer um paralelo do passado com o presente
b) Analisar fontes documentais (fotos e jornais)
c) Fomentar reflexão dos alunos sobre as condições do trabalho (passado e presente)
d) Mostrar a ligação da história de São Paulo com o movimento operário do Brás
4. Ano/série: Ensino médio
5. Tempo previsto (número de aulas): 3 aulas (de 1hora cada)
 

Imigração em São Paulo – uma abordagem humanizada e contemporânea

São Paulo, 14 de dezembro de 2016.
Discente: Gustavo Pereira Machado de Melo Souza - Nº USP 8510601
 
Trabalho final da disciplina “Uma História para a Cidade de São Paulo: Um Desafio Pedagógico” (FLH0425)
Prof. Drª. Antonia Terra Calazans Fernandes
Departamento de História, Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas.
Universidade de São Paulo
 
 
Proposta Didática
Imigração em São Paulo – uma abordagem humanizada e contemporânea
 
 
“São Paulo, enorme de casas e gentes.
Casas e gentes de todos os estilos.
Cosmópolis.
Resumo do mundo.
Veja, pense:
- Lá, ali, por aí plantaram a sua vida de trabalho
povos de toda a terra.”
 
Guilherme de Almeida. Cosmópolis.
São Paulo: Cia. Ed. Nacional, 1962, p.12
 
 
 
 
I. Contexto e objetivos
 
 
Com frequência quando se ensina ou debate imigração o foco é sobretudo em questões econômicas e de mão-de-obra, secundarizando os aspectos humanos do fenômeno. Antese qualquer importância social ou estratégica, a imigração é uma escolha individual de grande impacto, a escolha de mudança radical de vida. A abordagem de ensino da temática proposta no presente projeto focaliza essa dimensão humana da imigração, sem abandonar os aspectos meramente econômicos ou estratégicos. Como ensinar história de pessoas pensando só em números? Aqui buscaremos trazer questões importantes para as pessoas imigrantes em si, mas que têm importância para a formação cidadã e em história de estudantes, que são quem recebe e receberá imigrantes contemporâneos e futuros.
 
 
Divulgar conteúdo