O avesso da Metrópole: Espacialidade e resistência das classes populares na Várzea do Carmo

Aluno (a): Maíra Carvalho de Moraes
Docente responsável: Antônia Terra

Disciplina USP: Uma História para a cidade de São Paulo: Desafios pedagógicos
 

 

 

     Objetivo

 

     O presente projeto didático pretende oferecer aos docentes uma nova possibilidade para o ensino de História de São Paulo. Apesar do grande número de trabalhos e pesquisas sobre a transformação espacial, econômica, política e social da cidade, infelizmente, no ambiente escolar, são pouco divulgadas as produções acadêmicas que estudam as classes populares. De maneira geral, livros didáticos promovem uma história de São Paulo, de fins do século XIX e início do XX, baseada na transformação da cidade provinciana em metrópole através da ação do capital. Focando apenas na ação da elite cafeeira. Nesse espaço de tempo ocorrem as remodelações do espaço físico da cidade a fim de que a cidade ingresse no eixo das cidades modernas e civilizadas, tendo como modelo as cidades européias como Paris, por exemplo.

Contribuição da Arqueologia e da Etno-história enquanto suporte para o ensino de História

Docente responsável: Antônia Terra de Calazans Fernandes

Disciplina USP: FFLCH 0425
Aluno (a): Ricardo dos Santos Oleski

 

 

 

 

OBJETIVO. 

     A história das populações indígenas pré-cabralinas tem abordagem pouco privilegiada nos livros e manuais didáticos dos ensinos fundamentais e médios e, quando entram nesses materiais, são abordadas no capítulo da pré-história generalizando conceitos e desprezando peculiares culturais presentes em diversas regiões do espaço nacional. Portanto, esse trabalho oferece um incremento didático ao professor interessado em desenvolver junto aos seus alunos um olhar mais sofisticado acerca dos debates que ocorrem dentro das Ciências Sociais acerca das questões indígenas brasileiras.

     Dito isso, apresentamos um material embasado em contribuições recentes e clássicas de estudioso da Arqueologia, Antropologia e Etno-história, o qual funcionaria como um suporte didático ao professor da disciplina de História. Esse material foi dividido em três partes, podendo ser ministrado numa média de 5 a 9 aulas junto aos alunos do Ensino Médio de escolas públicas ou particulares. Abaixo, a divisão do material que propomos: